Quinta-feira, 24 de Julho de 2008

Hoje eu acordei meio estranho, minhas coisas estão mega atrasadas, minha pesquisa não existe mais, tese mega empoeirada jogada em algum lugar esquecido do notebook, mil artigos que eu deveria entregar paras as revistas estão encalhados, meus co-autores querem minha cabeça numa bandeja de prata. Séculos que eu não vejo bicho, e tem milhões de e-mails na minha in-box perguntando se eu não quero participar como consultor de ong fajutas.

E ainda tem o trabalho em conjunto com o MOP/COP de contribuição na divulgação do conhecimento em biodiversidade, tudo pronto todos os scripts do programa estão prontos, todos os dados alocados no banco de dados, só falta a bosta de um layout que seja clean e funcional, que por sinal é o mais difícil pra mim, não sei como uma pessoa aprende mil coisas sozinho, mas não consegue aprender a fazer um simples layout?

Eu que deveria estar afundado nas teorias da evolução biológica, estou encharcado de notas fiscais e tentando vender coisas, acho que sai do ramo de pesquisa e entrei pro mundo degenerativo dos negócios e dinheiro, juro que isso esta me deixando maluco, na minha mesa que outrora era rechiada de livros, artigos e pensamentos, agora vive cheia de planilhas, extratos, orçamentos, previsões orçamentárias, e contas.... hunf.

Tudo que eu queria agora era estar em um avião rumo aos trópicos, pensando no encontro com meu amor, de primeira classe tomando algo diferente de 2 dedos de suco de laranja de caixa, e comendo algo diferente de amendoim e barra de cereal,  acho que eu merecia isso, mas meu dinheiro é curto me contento com a econômica onde eu preciso fazer malabarismo com as minhas pernas, sigo esperando o dia que eu terei que despachar as pernas em um vôo e o resto seguir no próximo.

Por que eu não tenho 2 milhões de libras na minha conta? Por que eu não tenho uma casa com um pequeno jardim onde eu possa cuidar de rosas? Por que eu não posso fazer uma torta de maçã e esperar o amor chegar no inicio da noite?

Quero sair daqui agora, quero meus bichos, minha casa, meu calor, minhas reclamações de sempre, não quero mais novas reclamações!

 

Ah! Sei lá não quero saber mais de nada, só queria estar em um avião com as pernas encolhidas mas na certeza de receber um mega beijo de boas vindas.... quero você agora.... hunf!

 

(Texto escrito muito furioso da vida!)


sinto-me

publicado por renovatio às 22:21 | link do post | comentar | favorito

posts recentes

Alvorada

Perdi meu remoto controle

For Sale!

Quem?

Chá, teorias e filmes

Nuvens....

Trechos!

My life for rent!

Estudos de Semiótica Comp...

Take my hand

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds