Sexta-feira, 1 de Agosto de 2008

È mil coisas acontecendo, mil problemas, tese, livro, amor, vida, acontecimentos! Será que vou estragar tudo? Será que estou fadado a viver so? Estou com medo, mas pelo menos eu tenho que seguir e terminar as coisas que fui pago pra fazer!

Ando escutando essa banda enquanto escrevo as minhas coisa, simplesmente fantástico trabalhar ouvindo esses caras!

Air. Sim… sim… sim… A.I.R. Me arrepio só de falar o nome dessa banda, imagine escutá-la. O Som de Air é tão puro, melódico e perfumante que define a banda como melhor banda soft-eletrônica do universo, na verdade, pra mim faz a melhor banda de todas.

Air influencia a mente do ouvinte de uma forma tão… tão… cool, que a música nem precisa passar pelo seu sistema de audição, ela vai direto para o córtex cerebral. Air não é mais um grupinho de trance para maconheiros ,cocaineiros e fissurados por música psíquica, que te fazem viajar e bla bla bla. Air é algo mais, é algo menos, é algo que não tenta te fazer viajar, é algo que simplesmente tenta te fazer o que a música é, simplesmente tenta te agradar, tenta transformar você na música.

Air te deixa triste se a música for triste, e você começa a pensar na sua vida e pode até mesmo entrar em depressão, como na música Suicide Undreground do álbum Virgin Suicide, Air te deixa excitado se você ouvir uma música excitante como Sex Born Poison, te faz ficar com raiva de sua namorada se você ouvir Wonder Milky Bitch.

Não simplesmente porquê você é fraco que Air te influencia, mas porque você é inteligente e sabe apreciar música boa, música… simplesmente Air. Claro que você precisa no mínimo entender metade da letra para poder saber do que Air se trata. Nem com esse texto que eu escrevi há como ter uma idéia do que Air se trata.

Faça um favor à si mesmo, largue sua preguiça e baixe esses álbuns. Concentre-se. Air é uma dupla francesa, Nicolas Godin e Jean-Benoît Dunckel e AIR é um acrônimo para Amour, Imagination, Rêve, que se equipara no português à Amor, Imaginação, Sonhos.
O Gênero de Air está em constante discussão, entre DownTempo, Trip Hop, Pop e Eletrônica, mas pra mim é Soft-Eletrônica, que por sinal não existe mas dá pra entender…

Os caras do Air são extremamente inteligentes, Nicolas estudou numa faculdade de arquitetura francesa, “École Nationale Supérieure d’Architecture de Versailles” (Escola Nacional Superior de Arquitetura de Versailles), enquanto Jean estudou Matemática antes de formar a banda em 95.

Eles já escreveram diversos livros e só pelas letras das músicas você saberá do que eu falo. Boa Sorte, não se arrependerá.

Se você não é muito familiar com Air ainda, recomendo que comece com as músicas “Surfing on a Rocket”, “Sexy Boy”, “Cherry Blossom Girl” e “Le Voyage de Penelope”.



publicado por renovatio às 17:42 | link do post | comentar | favorito

posts recentes

Alvorada

Perdi meu remoto controle

For Sale!

Quem?

Chá, teorias e filmes

Nuvens....

Trechos!

My life for rent!

Estudos de Semiótica Comp...

Take my hand

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds